Posts Tagged ‘advogado inventario brasilia’

Palestra: Os 7 pilares do Empreendedorismo Jurídico

20992552_1314154865360384_47750980401388337_n 20992905_1314154862027051_270345793797667038_n

O tema da palestra a ser proferida no CERS será sobre Os 7 pilares do Empreendedorismo Jurídico.

Conhecimento e experiência na advocacia serão representados neste evento por dois nomes de destaque na profissão: Sabrina Dourado, advogada e fundadora do escritório @douradoesapucaia, professora da rede CERS e Marielle Brito, professora, advogada e Consultora em Brasília/DF, fundadora da MSB Advocacia.

Jornal Folha Patense 19/08/2017 – Advocacia Brasília

20882969_1312308222211715_2821372483269148756_n

MSB Advocacia, escritório de advocacia em Brasília especializado em Direito Internacional, Direito de Família e Tribunais Superiores, completa, nessa sexta-feira, dia 11/08, cinco anos de muito sucesso. Marielle dos Santos Brito, patense de família tradicional mineira, e Julia Botelho Rodrigues Lima, filha do Embaixador Pedro Luiz Rodrigues, celebram o aniversário em grande estilo.

 

MARIELLE DOS SANTOS BRITO é Advogada, Consultora Jurídica, Palestrante e Professora em Brasília. Inscrita na OAB/DF 26.049, especializou-se em Direito Internacional e em Direito de Família e Sucessões, possui pós-graduação Título especialista em Direito Processual Internacional e em Direito Processual Civil, é Diretora Secretária Geral da Comissão de Relações Internacionais da OAB/DF e Proprietária do escritório MSB Advocacia desde 2012, possui 10 anos de carreira. Fundadora do Blog Jurídico Advocacia em Pauta e Instagram jurídico de mesmo nome com mais de 70 mil seguidores.

Site:www. msbadvocacia.com.br / Instagram: @advocaciaempauta

Entrevista sobre Partilha de bens digitais em Divórcio e Herança

partilha-de-bens-advogado-divorcio-heranca-dfVocê sabia que Músicas, filmes, fotos, documentos, aplicativos, softwares, blogs, fanpages, perfis de redes sociais e até assinaturas de serviços digitais podem ser objeto de partilha de bens digitais em Divórcio e Herança?

Não há mais diferença, nos dias de hoje, entre vida digital e vida pessoal de um casal ou de uma família. A tecnologia faz parte do cotidiano de adultos e crianças. Hoje é comum compartilhar recursos tecnológicos, como aplicativos adquiridos em lojas oficiais da Apple, Google, Windows. O mesmo vale para a queda biblioteca de filmes e músicas originais, montada com todo esmero por anos a fio. E as fotos das lembranças da gravidez, nascimento e primeiros anos de vida dos filhos? Memórias inclusive de entes queridos que já se foram. Sem falar, nas assinaturas de serviços como dropbox, netflix, apple music,microsoft office ou de sites de notícias como Folha Online e Jota.

Tem casais que compartilharam até e-mails e perfis em redes sociais, normalmente associados a vários cadastros de cupons, promoções e listas de discussão. O que acontece quando vem o divórcio ou o falecimento de um dos titulares desses serviços? É possível a meação desses ativos digitais em divórcio? Eles podem ser objeto de herança ou inventário? Dúvidas assim são comuns, mas há solução. A advocacia de família pode e deve perfeitamente se aliar `a Advocacia digital e oferecer uma resposta precisa a essas dúvidas.

Veja a matéria sobre a partilha de bens virtuais, com entrevista da advogada Marielle S. Brito, para o Jornal da Justiça (TV Justiça):

 

Advocacia em Brasília – DF

advocacia em brasília dDFQuero ADVOGAR, alguém incentiva?

Para militar na advocacia em Brasília e seguir firme nesse projeto é preciso paixão e vocação.
⠀ ⠀ ⠀
Quem me conhece há muito tempo sabe que sempre quis ser advogada e nunca fiz concurso público. Que desde o primeiro estágio em escritório de advocacia em Brasília, nunca quis estagiar em Tribunais ou Afins. Que desde a formatura sempre advoguei. Eu acredito que você pode ter excelência em qualquer profissão, se desejar exercê-la. Nenhuma é fácil, todas possuem seus prós e contras. O que não podemos, jamais, é desvalorizar ou desmotivar um profissional. ⠀

 Podemos ser muito bem remunerados, se nos dedicarmos com estudo e trabalho árduo. Não temos horário para nada, podemos organizar nossa semana como bem entendemos, nos horários que queremos. Podemos trabalhar 24 horas por dia em busca do nosso sonho ao invés de 8 horas em busca de um salário. Podemos ser chefes de nós mesmos se abrirmos nosso escritório de advocacia. Após receber nossa carteira da OAB, somos advogados aonde formos, não dependendo de concessão nenhuma para isto. Percebo o impressionismo de pessoas mais velhas ao dizer sobre minha profissão, pois viveram os bons tempos de prestígio da advocacia.
⠀ ⠀ ⠀
Portanto, eu te incentivo a ser um defensor de direitos, da igualdade e da justiça. ⠀ ⠀ ⠀

 

Escritório de Advocacia em Brasília, especialista em direito de família e sucessões, direito internacional e tribunais superiores.⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀

 

 

_

Especialista em Defesa de Homens em Divórcio

slider_06

Em casos de divórcio litigioso, em que o ponto de discórdia é a guarda do menor, até bem pouco tempo não era possível cogitar que um juiz concedesse uma guarda compartilhada. Quando muito, o pai saía com uma sentença que o permitia ver o filho de 15 em 15 dias. O direito mudou. E para melhor, nestes casos.

O escritório possui advogado especialista na defesa de homens em divorcio e sobretudo na defesa da guarda compartilhada, tendo como objetivo o bem estar da criança, quer seja sob a guarda paterna ou materna.

(mais…)

Cerimônia aos novos Advogados do DF

A advogada Marielle Brito recebeu os novos advogados do DF na OAB/DF.

Guia do Divórcio – Artigo selecionado no JusBrasil Destaques

divorcio jus brasil advogado brasilia

Artigo publicado no site JusBrasil em 12/02/2016 e selecionado entre o JusBrasil Destaques

Se você está prestes a pedir o divórcio, você precisa ter certeza de que seus direitos serão protegidos.

Em casos onde existe discórdia ou em que haja risco de ter seus direitos violados, você precisa de um advogado especialista em divórcio. O que pode um advogado fazer por você?

Guarda dos Filhos

A guarda dos filhos tem se tornado um problema menor para os homens. Não é mais o caso, por exemplo, de que a mãe sempre recebe a custódia e o pai apenas o direito a visita. Apesar de que a guarda costumava ser dada as mulheres, os tribunais hoje em dia vêm prevalecendo o melhor interesse da criança, ou seja, tem a guarda aquele que melhor puder cuidar dos filhos e a guarda compartilhada é a mais indicada na maioria dos casos.

Para que você obtenha guarda unilateral ou compartilhada, o advogado será capaz de lhe ajudar a garantir a guarda adequada, seja unilateral ou compartilhada, dependendo de sua situação e interesse, assim como dos interesses e bem estar de seus filhos.

Proteja sua Propriedade

(mais…)

Partilha de Herança – Artigo publicado no Guia da Cidadania

capa revista Guia da cidadania direito das famílias

Revista Guia da Cidadania, edição que aborda os Direitos das Famílias.

Dentre os temas abordados está o artigo: ” Os benefícios de planejar a Sucessão Patrimonial e os instrumentos jurídicos que podem ser utilizados “- Por Marielle Brito.
Esta revista tem a finalidade de orientar a população sobre seus direitos e deveres, bem como o exercício da cidadania e seu exemplar pode ser adquirido nas Bancas e Jornais de todo o país.
Pode ser adquirido também por este link abaixo.
http://loja.revistaonline.com.br/…/detalhes/Detalhe50087.asp

(mais…)

Artigo publicado no Migalhas: Constituição de Pessoa Jurídica como Planejamento Sucessório

Captura de Tela 2015-11-13 às 18.25.35Marielle Brito

A constituição de pessoa jurídica para controlar o patrimônio da pessoa física tem inúmeras vantagens.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

A adoção de medidas que visam preservar a autonomia da vontade e prevenir os conflitos futuros que possam surgir entre os herdeiros após a morte, passou a se chamar planejamento sucessório.

(mais…)

Inventário no DF: Artigo publicado no Jornal de Brasília

12122562_800724946703381_3876091823289630486_nDomingo, 18 de outubro de 2015

Inventário no DF No início do ano, a lei que regula o Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos- ITCMD, ou seja, o imposto recolhido no processo de inventário no DF para a partilha de bens, mudou no Distrito Federal no que tange ao percentual da multa em caso de atraso na abertura do inventário, mas muita gente ainda não se informou quanto ao prazo e novos percentuais e tem desperdiçado dinheiro com multas desnecessárias.

O inventário é o procedimento, legalmente disciplinado pelo Código de Processo Civil, onde são relacionados, descritos e avaliados os bens deixados pela pessoa falecida, a fim de que seja possível a posterior distribuição de tais bens entre os herdeiros. O patrimônio do falecido é, então, identificado, são pagas as dívidas e os impostos devidos, e cobrados os créditos por ventura existentes.

(mais…)